Arquivo mensal fevereiro 2019

poradmin

Atenção para a segunda etapa do recadastramento dos servidores estaduais

Teve início na última segunda-feira, dia 25/02, a segunda fase do recadastramento dos servidores públicos estaduais. Todos os Farmacêuticos que atuam no serviço público estadual que realizaram a fase online, agora devem se apresentar nas unidades de Recursos Humanos do seu órgão de lotação atual.

Para realizar o recadastramento, o farmacêutico precisa acessar a página da Secretaria da Administração (www.secad.to.gov.br) e entrar no Portal do Servidor, com seu CPF e senha de acesso, clicar no ícone recadastramento, segunda etapa e fazer o agendamento da sua visita ao setor de Recursos Humanos, onde será feita a conferência dos documentos. Lembrando que a lista de documentos exigidos está disponível no próprio portal do servidor.

Segundo a secretaria da administração é de grande importância para o servidor comparecer na segunda fase, que ocorrerá até o dia 31 de março, tendo em vista que, o não comparecimento implica na suspensão do recebimento do salário. É importante frisar que, os servidores que se encontram legalmente afastados, não precisam realizar o recadastramento, assim como os que estão cedidos para instituições que não compõem a estrutura do Estado.

Para mais informações clique aqui e acesse a página Informações para o Servidor, da Secretaria da Administração.

Fonte: Secretaria da Administração do Estado do Tocantins.

poradmin

2° dia de mobilização das entidades sindicais representantes dos servidores do Tocantins na AL/TO

O presidente do SINDIFATO, Pedro Henrique Goulart Machado Rocha, em conjunto com demais dirigentes sindicais representantes dos servidores do Tocantins estiveram reunidos desde às 8:30 horas no gabinete da presidência da Assembléia Legislativa do Tocantins aguardando reunião com o presidente, deputado Antônio Andrade, pré-agendada no dia 12/02 e remarcada às 10:30 desta quarta para as 16 horas do dia corrente, para tratar da Medida Provisória n. 02, de 1°de fevereiro de 2019, que suspende os reajustes e progressões dos servidores estaduais por um período de 30 meses, publicada no DOE-TO n. 5.291.

“Essa MP 02 não traz economia financeira prática uma vez que o estado do Tocantins já não está pagando as progressões dos servidores desde meados de 2012” disse Pedro Henrique sobre o entendimento que é comum entre as entidades sindicais.

Os dirigentes sindicais estão prontos para iniciar um diálogo com o governo afim de buscarem juntos uma solução alternativa à esta medida polêmica.

Após a remarcação da reunião com o presidente da AL, os sindicalistas visitaram os demais gabinetes dos deputados confirmando as reuniões agendadas anteriormente e foram recebidos prontamente pelo Deputado Prof. Júnior Geo, que mostrou se solidário as manifestações classistas.

A mobilização sindical continua no período da tarde com reunião com o presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Redação, o depurado Ricardo Ayres às 14 horas, com a Deputada Vanda Monteiro às 15 horas e com o deputado Antônio Andrade às 16 horas.

Fonte: SINDIFATO